Quinta-feira, 10 de Novembro de 2011

Coutos de Braga

OS COUTOS NO ÍNICIO O SEC.XVIII SUJEITOS À IGREJA DE BRAGA - 2 – Continuando e para terminar e relação dos Coutos sujeitos à Igreja bracarense, indicaremos os restantes cinco que não mencionamos no anterior artigo. Assim : COUTO DE ARENTIM :- No julgado de Vermuim, termo da vila de Barcelos, tem seu sítio o Couto de Arentim, que é uma Paróquia da invocação do Salvador, Vigairaria do Arcediago de Braga, que rende quarenta mil reis e para o Arcediago cento e dez mil reis: tem sessenta vizinhos com um Capitão. É Couto do Cabido com Juiz ordinário, dois vereadores e Procurador do Concelho em tudo como o de Cambezes: produz excelente peras de pendura. COUTO DE CAMBEZES:- Entre as terras de Barcelos, tem seu assento este Couto, de que é senhor o Cabido da Sé de Braga, que faz nele Juiz ordinário com dois Vereadores e Procurador do Concelho por pelouro,e eleição trienal do povo, a que vem presidir um Cónego, que o Cabido elege: serve, também nos Órfãos e dele apelam para o Cabido, que apresenta Escrivão, que é também do Judicial e Notas. Tem Alcaide mór, que leva os quartos dos frutos das terras: consta de cento e oitenta vizinhos, com uma Paróquia da invocação de Santiago, Vigairaria que apresenta o Fabriqueiro da Sé, que rende sessenta mil reis e para o Cabido setenta e cinco mil reis ; é abundante de centeio, milho, linho galego, frutas e bastante vinho. COUTO DE CABAÇOS :- No termo do Concelho de Albergaria de Penela tem seu assento o Couto de Cabaços, de que é Senhor o Arcebispo de Braga. Tem Juiz ordinário que também serve nos Órfãos, um Vereador e um Procurador, eleição trienal do povo por pelouro a que preside o Ouvidor de Braga, um Escrivão, que serve em tudo, data do Arcebispo, um Meirinho e também um Porteiro : tem cento e trinta vizinhos com uma Paroquia sob a invocação de S. Miguel, Reitoria do Cabido de Braga, que rende cento e cinquenta mil reis, e para o Cabido trezentos mil reis, com a anexa de Fojo Lobal. COUTO DA FEITOSA:- Entre o Concelho de Souto de Rebordãos e Ponte de Lima está situado o Couto da Feitosa, de que é Senhor no espiritual e temporal o Arcebispo de Braga : tem grandes privilégios, que por nenhum crime entra nele outra Justiça, senão a de Braga em correição. Chamou-se antigamente de Domes, nome, que só hoje conserva em uma grande e boa veiga que tem. Assistem ao seu governo civil um Juiz ordinário Cível e Crime e Órfãos, dois Vereadores e Procurador do Concelho feitos por Pelouro eleição trienal do povo a que preside o Ouvidor de Braga, um Escrivão, que serve em tudo, e nos Coutos da Cabaços e Capareiros, e pelas muitas escrituras, que faz, lhe rende cem mil reis, é data dos Arcebispos. Tem sessenta vizinhos , e uma Paróquia de invocação de S. Salvador, Vigairaria anexa ao Priorado de Ponte de Lima, que o apresenta, a qual rende cinquenta mil reis e para o Prior cem mil reis recolhe bastante pão, vinho, feijão, linho, gados, lenhas, alguma pesca no Trovela e pouca caça. COUTO DA PULHA:- Entre as terras de Barcelos está o Couto da Pulha, nome, que entendemos, lhe puseram os Romanos, quando habitaram esta terra, em memória da sua Apúlia. Tem uma igreja Paroquial da invocação de S. Miguel, Reitoria que apresentam o Arcebispo e Cabido : rende-lhe trezentos mil reis com a terça parte dos dízimos, que leva e as outras duas com os quintos e quartos seiscentos e cinquenta mil reis para o Arcebispo e Cónegos. Governa-se por um Juiz ordinário, que também o é dos Órfãos, com dois Vereadores, Procurador e Meirinho, que serve de Porteiro, eleição trienal do povo por pelouro, a que preside o Ouvidor do Arcebispo senhor dele: tem um Escrivão que serve em tudo, data dos Arcebispos. Produz todo o género de pão, cevada e boas caças e é falta de lenha. Por aqui vão vestígios de uma vala, que dizem era um esteiro, que entrava no mar, pelo qual se conduzia em barcos aos navios o ouro que das minas da terra se tirava. Tem uma Companhia anexa às dos mais Coutos e consta de cento e cinquenta vizinhos.” E assim terminamos a descrição dos oito Coutos, que no início do século XVIII, estavam sujeitos à Arquidiocese Bracarense. Braga, 10 de Novembro de 2011 LUIS COSTA
publicado por Varziano às 16:39
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. ...

. Museu Imagem

. Palacete Arantes

. Inauguração em Braga da e...

. CHAVES -Cidade Hericoica

. fonte campo das hnortas

. Março

. Fevereiro

. Homenagem

. João Penha - definitivo

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds