Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

conto de naTAL

CONTO DE NATAL A PRENDA DO MENINO JESUS Carta para o “ Meu Menino Jesus Não te peço prendas. Não te peço doces. Peço-te só me leves a ver o meu pai e a minha mãezinha que levaste para o Céu. Nelito Pequenito, seis anos ladinos, órfão desde muito cedo, sem pai nem mãe como os colegas, sem outra ambição que não os carinhos maternos, o Natal para ele era uma má época que lhe deixava um “nó na garganta”. As guloseimas que a avó lhe fazia, as prendas que traziam não chegava para encher o vazio que tão novinho já sentia. E carta ao Menino Jesus era a esperança de que, talvez, nesse ano teria a satisfação de ver os seus pais. Não compreendia porque o Jesus os tinha levado para o Céu, como a sua avó, velhinha de muitos anos, lhe dizia. Quando lhe disseram “Escreve ao Menino Jesus” e pede o que quiseres, o que mais ambicionava era ver e conhecer o seu pai e a sua mãe, que ele nem chegara a conhecer. Na sua desajeitada letrinha, e com a ajuda dos irmãos mais velhos – eram três – que lhe escreveram a missiva copiou-a e que dirigiu, julgava ele, para o Deus Menino, no Céu. E a Santa Noite chegou. A alegria em todas as almas se repercutia nas ruelas daquela pequena aldeia. Nesse dia, o Menino Jesus desceria pela chaminé da lareira e iria colocar, conforme os pedidos, nos pequenos tamancos dos mais pobres ou nos sapatos dos remediados ou ricos, as prendas desejadas. Mas a prenda do Nélito, era diferente, ele tinha esperança que seria diferente da do ano anterior – umas meias grossas de lã contra o frio. Esperava que pela enfarruscada chaminé o Menino Jesus, pequenito como ele, lhe trouxesse, ao menos só para os abraçar e beijar, os seus paisinhos. Era a melhor prenda de Natal que desejava, e estava certo, que seria atendido. Soou a meia-noite, estalejavam os foguetes anunciando o Nascimento do Deus Menino e o Nélito sempre à espreita pela frincha da porta da cozinha. Horas ali esteve, quantas nem ele sabia; muitas lhe pareceram . . . O cansaço principiou e o sono apareceu de repente. Fechou os olhos e adormeceu… ------------------ “Viu então dois anjos, que faziam séquito ao Menino de Jesus, abeiraram-se dele e suavemente lhe disseram: o Menino Jesus vai atender-te, e encarregou-nos de te levar até ao Céu, até junto dos teus pais ; vais abraçá-los e beijá-los e eles te encherão de prendas que são os beijos que te darão. Valeu a pena a tua carta. Eles estão muito contentes contigo. Vêem sempre mas não podem abraçar-te e, do Céu, todos os dias te acompanham. Vais ver como se alegrarão por te poderem estar contigo. Irás connosco, levar-te-emos nos braços, voarás pelas nossas asas e, no Céu, encontrarás os teus pais ! :- Tenho frio. Anjinhos ! Muito frio ! :- Nós te protegeremos. Sairás pela chaminé e lá fora a quentura das nossas asas te agasalharão. Pelo espaço até ao Céu, nosso calor te protegerá. A chaminé era estreita mas os anjos a alargaram e o Nélito nas asas dos anjos, voou até ao Céu. A mãezinha lá estava ao lado do seu pai e o Menino Jesus, sorridente, perguntou-lhe : :- Estás contente, Nélito ? Era esta a prenda que tu mais querias ? Beija-os e abraça-os e vê como estão felizes por te verem ! O Nélito dava saltos de contente; saltava do colo de um para o outro ! Tinha, finalmente, como os mais meninos na Noite de Natal, os seus pais. Melhor que os doces, melhor que as bonecas da Zeza, sua prima, melhor que o comboio eléctrico do Tone, melhor que tudo, ele tinha, ao seu lado, os pais… ------------------ Aflita, a avó, que julgava o Nélito, na cama a dormir a sono solto, não o encontrando procura-o por toda a casa e vai encontrá-lo junto da lareira a dormir. Suavemente pega nele ao colo. E o Nélito acorda e muito contente exclama, numa voz acalorada : :- Eu vi-os! O Menino Jesus, deu-me a prenda de estar nesta noite com a minha mãe e o meu pai ! Eu vi-os e beijei-os, e abracei-os ! E tinha sido um sonho lindo, naquela frígida NOITE DE NATAL. NATAL de 2011 LUÍS COSTA.
publicado por Varziano às 17:14
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. ...

. Museu Imagem

. Palacete Arantes

. Inauguração em Braga da e...

. CHAVES -Cidade Hericoica

. fonte campo das hnortas

. Março

. Fevereiro

. Homenagem

. João Penha - definitivo

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds