Segunda-feira, 12 de Março de 2012

fonte campo das hnortas

ESCLARECENDO UMA CONFUSÃO Ao folhear os jornais de hoje, Diário do Minho e Correia do Minho, deparei com uma notícia, que dada a semelhança me leva a concluir que deve ter tido a mesma origem : “Campo das Hortas mantém jardim e a Fonte de D. José” ….jardim romântico lá existente …“nada será alterado… e muito menos na zona ajardinada da fonte do arcebispo D. José de Bragança “ Ora é precisamente sobre o nome que atribuíram à fonte que está a confusão. Reportando-me aos Tomo I I I, da obra de Monsenhor Ferreira, “Fastos Episcopais” pag. 104, vemos que o Arcebispo Dom Frei Agostinho de Jesus (1588/1609) … “ornamentou a cidade com várias fontes públicas : no Campo de Sant’Ana”… e em roda-pé (3) : “Esta majestosa fonte foi demolida em Junho de 1865. Vid.“Memórias de Braga”de Senna Freitas. Vol, IV, pag. 259. Actualmente encontra-se erguida ao centro do Campo da Hortas.” E acrescento eu: quando da transformação do Campo de Sant’Ana, em jardim público e depois o fontanário, de D. Agostinho que estava em frente da Arcada (ver gravura então publicada do “Arquivo Pitoresco”), foi dali, não demolido, mas colocado no Campo do Salvador (hoje Mercado Municipal), onde se manteve até mais ou menos 1913, quando foi para o Campo onde hoje está, e do qual foi arredado o cruzeiro de Dom Furtado de Mendonça, e colocado nas Carvalheiras. Portanto por deficiente informação surgiu o nome de Dom José como o tivesse mandado construir. No entanto deve haver uma explicação para todo êste imbróglio. De facto por ali por perto, na rua Andrade Corvo, num espaço arrelvado, em princípio destinado a jardim infantil, no muro da cerca do Casa dos Biscainhos (Museu) está lá, entre dois motivos decorativos, a CABECEIRA de uma fonte que Dom José mandou fazer junto à Casa de Val Flores, Infias, à entrada de um caminho que dava para o Areal. Quando se construíram as novas instalações do R. I. 8 , e se abriu a rua, foi desactivada a fonte e aproveitada a sua cabeceira para, de certo modo, não se perder a memória colocada no actual recinto onde está e estava destinado a jardim infantil. Este fontanário recebia água do manancial mandado explorar por Dom Rodrigo de Moura Telles, em Montariol. Braga, 12 de Março de 2012 Luís Costa na
publicado por Varziano às 16:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. ...

. Museu Imagem

. Palacete Arantes

. Inauguração em Braga da e...

. CHAVES -Cidade Hericoica

. fonte campo das hnortas

. Março

. Fevereiro

. Homenagem

. João Penha - definitivo

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds