Segunda-feira, 10 de Setembro de 2012

Museu Imagem

O MUSEU DE IMAGEM
Como surgiu

Nas minhas andanças em busca de fotografias antigas e modernas sobre a cidade de Braga, certo dia em que preparava um texto sobre a igreja velha de Lomar que sabia ter sido o templo românico de um Mosteiro referido num documento de 1088, logo com interesse para o texto tratei de indagar se alguém da freguesia me podia dar alguma achega. Por casualidade encontrei o amigo Costa que era residente e natural de Lomar. Ora este amigo prontificou-se a prestar as informações que desejava e ao mesmo tempo franqueou-me a busca de fotos do Arquivo da Foto Aliança, do Largo dos Penedos, pois ele antigo funcionário desta casa, tinha sido o herdeiro não só da fotografia como de todo o seu espólio.
Na conversa que tivemos manifestou o amigo Costa o desejo de dar uma finalidade à grande quantidade de clichés em vidro e fotos, de Braga e de suas gentes, que estavam amontoados no armazém, em perigo de se inutilizar preciosos documentos relacionados com Braga monumental e social.
Como já se tinha levantado, em reunião da direcção da ASPA no Museu Nogueira da Silva, ao tempo dirigido pelo Arq. Luís Mateus, lembrei-me de sugerir a recolha desse material, mediante certa condições de protecção ao proprietário do espólio. Aceite pelo herdeiro, foi apresentada por ele uma proposta à Universidade do Minho para a sua aquisição. Não sei bem o porquê, o que é certo que houve um certo desinteresse da Universidade e o problema entrou em fase de adormecimento.
Passado uns tempos o Arq. Mateus, entrou para a vereação camarária com o cargo do pelouro de Cultura. Porque lhe tinha ficado na mente o aproveitamento do espólio Aliança, interessou-se para que a Câmara o tomasse. Estabelecidas as condições, com vantagem para ambas as partes – Câmara e proprietário – foi estabelecido o protocolo e a edilidade ficou senhora dos documentos fotográficos que, em perto de um século tinham sido focado pelos fotógrafos da Aliança.
Entretanto, Luís Mateus, deixou a Câmara, e o espólio que estava recolhido, em péssimas condições, num lugar húmido, numa pequena dependência da Casa dos Crivos foi, praticamente, redescoberto e perante o valor que tinham essas recordações da velha cidade alguém, creio que depois de uma das agora exposições e concursos feitos de fotografia, sugeriu em boa hora que a Câmara se interessasse em criar um MUSEU DA IMAGEM, na cidade, o que veio a acontecer com a sua instalação, no Campo das Hortas, junto ao Arco da Porta Nova.
E assim Braga pode recordar tempos idos através do espólio da velha FOTOGRAFIA ALIANÇA, no Largo dos Penedos.

Braga, 10 de Setembro de 2012
LUÍS COSTA
publicado por Varziano às 15:54
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. ...

. Museu Imagem

. Palacete Arantes

. Inauguração em Braga da e...

. CHAVES -Cidade Hericoica

. fonte campo das hnortas

. Março

. Fevereiro

. Homenagem

. João Penha - definitivo

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds